Eu quereria...

Queria encontrar quem me acalmasse
Que fosse o farol
A luz no meu caminho
Que nunca apagasse
Que me tirasse da escuridão
E apontasse a direção
Sem enganar-me jamais


Queria refazer meu sentimento
Me cortar por dentro
E arrancar o que me adoece

Acho que não sei mais sentir
Acho que perdi a razão

Queria continuar confiando
Queria ter a certeza que sempre tive
E assim, poder destruir essa paralisia
Que me domina e me consome
Queria que tudo fosse mentira
E que uma brisa breve e suave
Me levasse sem demora

Nenhum comentário:

Postar um comentário