Que amor é esse

Que amor é esse
Que foi tão falso
E ao mesmo tempo verdadeiro
Que foi mais um
E ao mesmo tempo é o primeiro
Que amor estranho
Existe no teu coração
Que amor é esse
Que foi tão breve
E ao mesmo tempo tão profundo
Que fez de mim
O ser mais livre desse mundo
Intimidade que acabou em solidão
Que amor é esse
Que me suplica, me procura
E me rejeita
Minha dose de loucura mais perfeita
Promete tudo e nunca faz o que falou
Que amor é esse, que droga é essa
Que domina meus sentidos
Nos encontramos e ficamos mais perdidos
E sem nós dois eu não encontro a solução
Que amor é esse que é capaz de até morrer por mim
Como é que pode ser tão puro e tão vulgar assim
Que me faz bem e me faz mal,
Como é que eu sou capaz, de te odiar
E te querer cada vez mais.

Roberta Miranda

Nenhum comentário:

Postar um comentário