Redoma...


Estava tudo combinado:
Nunca se deixar,
Eternamente amar,
E disso sempre lembrar.
...
Meu corpo perdido no teu.
Teu calor acendendo o meu.
Coisas difíceis de explicar.
...
Contudo,
O tempo esqueceu de avisar,
Sem brisa.
Só lembranças.
E o mar.
...

16 comentários:

  1. Preciso me lembrar de nunca esquecer!
    Ficou lindo, Julio, de uma sensibilidade enorme!

    Beijo e obrigada pelas gentis palavras de apoio!

    :)

    ResponderExcluir
  2. Meu querido Júlio
    Lindo o teu poema...gostei muito.

    beijinhos
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  3. O amor e o mar..lindo, lembranças nos fazem bem!

    Um beijo da Ju ;)

    ResponderExcluir
  4. Amores se vão mas memórias ficam eternamente.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. o leva e traz do mar faz isso com os amores mesmo depois de juras eternas de ficar
    a gente tem q se entregar

    lindo

    beijos

    ResponderExcluir
  6. Belíssimo, Júlio.
    Não posso me esquecer de amar sempre.

    Beijos... amei a imagem também

    ResponderExcluir
  7. Redoma...
    Complicado isso! porém tão seguro...
    Lindo texto,Julio!

    Metamorfose? É, sou meio camaleoa. rsrsrs

    Um beijo, bom final de semana!

    Gleidi.

    ResponderExcluir
  8. O tempo não esquece, só não avisa. Deixa ele. rs

    Adoro as reticências e o mar.

    :)

    ResponderExcluir
  9. M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O!!!
    Verdadeiramente apaixonante!!!

    Bjs,

    Sandrinha

    ResponderExcluir
  10. nem sempre é possível prever os fatos né...
    às vezes acontecem... e nós nem nos apercebemos! rsrs
    sem regras para o amor, apenas ame, ainda que venha a dor, o sentimento não pode parar!
    esse é o nosso sentido de viver!

    ResponderExcluir
  11. Pensamentos soltos ao vento carregados de emoções é isso aí Júlio.

    Beijos,

    Keli

    ResponderExcluir
  12. A vida é feita de momentos e temos que aproveitar.
    bj

    Joicinha

    ResponderExcluir
  13. ...
    Agradeço as letrinhas de todas vocês.
    beijos...
    ...

    ResponderExcluir
  14. Adorei. Descreveu perfeitamente um ex caso, meu, de amor. Forte abraço!

    ResponderExcluir