Quanto tempo eu tenho pra ficar?


...
Nem sei quanto tempo tenho
Mas ainda me pego a pensar
De querer te encontrar todo dia
Coisas simples de enamorar
Ingrato é o que é o destino
E essa mania de querer amar
Estou à deriva da paciência
[às vezes em marcha lenta]
Não sei onde fui parar
Quem ficou pelo caminho
Esqueceu de me avisar
O que eu tinha era só metade
Verdades a encontrar
...

Patuá na cesta básica

...
Desalinhado com o tempo
Desfaz-se em querer espontâneo
Soprando desejos profanos
[ignaros] órfãos incontroláveis
Em permanente desordem
[achados oniscientes] 
Sanguessugas iluminados
Carentes de atenção
Eterno caos: ação e reação
...

Subjetivando




...
Se tem sentido isso tudo
Não sei bem explicar
Só mesmo fazendo o caminho
Que se entende que há
Não sou pedra polida
Tenho veia idealista
Que só faz complicar
O que entendo da vida
Seduz e fascina: é flor primavera
Criação do verbo amar
...

Das Quatroletrinhas


Há uma profunda confusão
Entre o porquê e o senão
Uma imagem misturada [simples]
De uma mesma impressão
Pode ser sintonia fina
O que desatina noutro direção
Letras que talvez perturbem
Ou que aquecem o coração
Espontâneo é o termo da vida
Transgride [isola] a solidão

Resignação




...
Cai chuva, é o que ouço
Ainda tenho esta percepção
Vejo tudo o que me rodeia
Calado, com uma flor na mão
Quem pode predestinar caminhos
Sem saber das tormentas que virão
Sentir essa chuva cair
É meu privilégio desde então
...

Vou mesmo...

Problemas de comunicação

É nos dentritos ou nos axônios?
Danados neurotransmissores.
- acho que o problema está na fenda sináptica.
Um bom espaço para esconder alguma coisa.

Ou são problemas desses mediadores mesmo.

Categórico



...
Quero ver você cantar
Mostrar o que pode ser
Não quero meio amar
Nem quero isso ter
Que som tem um luar
Sem os olhos para ver
Nem sei o que falar
Sabes bem o que fazer
Vem depressa, vem cantar
Mostrar que pode ser
...

Quem será?

...
Dobrei três esquinas, em direções contrárias
Pensamento avariado: sisudo, meio amargo
Contraste inerente aos desavisados
Perguntas são comuns em qualquer tempo
A compreensão relativa
Uma chegada, uma partida
De resposta esperada, não recebida
Me fale pra valer:
Você sabe a direção?
...

Utopia de uso tópico

...
Ergueste barreira, me contaram
Querendo guardar impróprio lugar
Quer sonho, passagem, afago
Semelhante acorde urbano
Encontrando eco por aí
...