Diapasão


...
Entendimento não é fácil
É pra quem pratica
Afasta ruídos
[alinha-se]
Não cabem reparos
Nem remendos
Desses remediados
Que não libertam
[desafinam]
Por favor:
Abra a sua cortina
Ecoe sinfonia
Do teu eu universal
...

8 comentários:

  1. Nem tudo que se alinha se entende....
    Se entende, se complica....
    e multiplica-se

    Abraços, Keli

    ResponderExcluir
  2. "Não cabem reparos
    Nem remendos"

    Não, não cabem!


    Sábias palavras!

    ResponderExcluir
  3. Ecoa as palavras de entendimento numa alma sedenta de versos...

    Belo, belo e belo!!!!^^

    ResponderExcluir
  4. Meu querido
    Deixando um beijinho e agradecendo a visita

    Sonhadora

    ResponderExcluir
  5. é realmente para quem pratica...lindo poema Julinho...reflexivo...Bjão

    ResponderExcluir
  6. O eu universal, bem maior que o entendimento. Nossa, que maravilha de sinfonia..

    bjs.

    ResponderExcluir
  7. O diapasão me traz grandes recordações... afinações da vida, sintonia exata com o existir...
    Abraço

    ResponderExcluir