[In]determinando


...
Eu sou letra solta
Que fala nas entrelinhas
Sou meio homem, meio menino
[desbravador nessa vida]
Penso que nada fiz pela atração
Talvez seja um apelo da alma
[solidão]
Talvez puro altruísmo do coração
Ou conteúdo próprio
[que dispensa razão]
Mas nada disso importa
Porque se juntares as letrinhas
Saberás quem sou
...

12 comentários:

  1. verbo solto à espera de conjugação,


    abraço

    ResponderExcluir
  2. Todo homem é meio menino, isso é lindo...
    Lindo teus versos!
    Bjs
    Mila

    ResponderExcluir
  3. Meu querido amigo

    Um poeta que escreve muito nas entrelinhas...um mistério.

    Beijinhos
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  4. Um poeta...Simplesmente um poeta que poetiza a vida e os sentimentos...Bravo.Bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  5. Entrelinhas, entre as linhas das palavras que completam o eu.

    Adorei.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Sempre arrasando nas palavras...adoro !
    Beijos !

    ResponderExcluir
  7. ..as vezes ficamos assim, tudo ao nosso redor e dentro de nós está indeterminado, ou se determinando!
    Um abraço meu amigo!
    da Ju

    ResponderExcluir
  8. Muito bom, Júlio...realmente somos esta mistura de tantas coisas, boas e ruins, que as proporções (ou porções) que nos definem...gosto do jeito que escreve!

    []s

    ResponderExcluir
  9. Olá adorei seu blog !
    visite o meu
    diariovirtuaall.blogspot.com
    obrigada

    ResponderExcluir
  10. Belo post!!!

    Belo blog...

    Voltarei por aqui mais vezes...

    Convido vc aconhcer meu trabalho (poesia, musica, teatro)

    Ficaria feliz demais!

    http://mailsonfurtado.com

    ResponderExcluir
  11. Acho que só grandes poetas podem ser lidos ao se juntarem as letrinhas... Lindo, Júlio!

    ResponderExcluir