O peso das asas


...
Quem me dera eu poder voar e pousar onde quisesse
Amar quem quisesse e fazer tudo que acho que precisa ser feito
Sem magoar, sem ser cobrado, sem ser visto
Quem me dera que não todos, mas que alguns
Pudessem ver a vida como vejo
Sentisse como sinto e chorassem como choro
Quem me dera puder te amar sem ter que dar explicações
A mim, a você e a tantos
...
Por isso fico aqui
[como sempre]
Evitando a todos e a tudo
Porque quanto mais envelheço
Mais volto a minha adolescência
Esperando, quem sabe, ter coragem de gritar
[ou fugir]
Para onde ninguém possa controlar
Ou apontar que tudo está errado
...
Estou sentindo uma liberdade de poder dizer e fazer o que quero
Então, desesperadamente procuro uma veste
...

16 comentários:

  1. Adorei teu texto, tem um gosto do que ando querendo, LIBERDADE!

    Bjs

    Mila

    ResponderExcluir
  2. A liberdade das asas pesam em nós, mas a liberdade é a brisa suave no rosto trazendo sorrisos.

    Nós, somos livres!!

    Perfeito!!^^

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. posto que ser livre é exercer a liberdade,


    abraço

    ResponderExcluir
  4. Suspiro por palavras sinceras e sentimentos incontestáveis.

    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Adorei, como queria poder voar e pousar ou não, fazer o que der na telha rss
    Tem selinho para vc no blog
    Bjsss

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Quem me dera eu te convencesse a arriscar, saltar, e daí se alguém vai corrigir, vai te medir, vai te pilhar? Quem dera te convencesse a se abrir, a sair, a amar tortamente, qué que tem?
    Agente aprende tanto quando salta até sem asas...cai, machuca, e se levanta. Por que o Amor Divino nos socorre, nos recebe, acalanta e cochicha no ouvido: Estou contigo, minha imagem/semelhança..

    eita..adorei..essa conversa paralela..
    bjokas

    ResponderExcluir
  8. Nem imagina como me toca este teu poema, Júlio. Ah... este desejo de voar... :) abçs.

    ResponderExcluir
  9. Belisima!!! "Sem magoar, sem ser cobrado, sem ser visto.
    Quem me dera que não todos, mas que alguns
    Pudessem ver a vida como vejo". Com toda a razão amigo! eu sinto o mesmo.


    Um abraço

    ResponderExcluir
  10. ...mas nós em essência somos livres,
    querido!

    as clausuras são frutos imaginários,
    e de tanto acreditarmos acabam virando
    realidade!

    bj

    ResponderExcluir
  11. E a liberdade é uma das coisas mais maravilhosas que alguém pode sentir!!!! =)
    Obrigada pela visita em meu blog ^^
    Volte mais vezes!

    Beijos =*

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. É isso ai, um desfecho de ser- de querer e fazer.

    As vezes o simples se torna tão complexo, que simular os fatos é o mesmo que viver ao avesso.

    Muito bom mesmo!

    Podendo venha conhecer meu blog.

    Forte abraço!

    ResponderExcluir
  14. Somente seremos livres quando não dermos aos outros poder sobre nossos atos.
    Bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  15. Eita sonhada liberdade.....

    quem dera poder voar e ir aonde desejar....

    bjs, boa semana

    ResponderExcluir
  16. olaaaaaaaaaa
    gostei das asas ....
    todos nós temos um par, não é mesmo?..rsrs
    abraço grande !

    ResponderExcluir