Outras vozes


...
Ouvi sutilezas
Versadas na solidão
Cria criada
Contudo, sem nada
Um reflexo explícito
Do querer e não querer
Seguindo a decisão:
- Ora do, pois sim
- Outra do, pois não
...

11 comentários:

  1. Ouvi tantas vozes de um poema que habitava em mim...

    Lindo!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. E como escutamos estas vozes..este sim e não!
    Boa semana
    Bjsss

    ResponderExcluir
  3. A vida e os versos são assim, como estes que deixou aqui, meio a fractais... brincadeiras caleidoscópicas a formarem simetrias...
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. E de tudo que não podemos ter, então a gente inventa. Outra vez o mesmo riso, mesmo gesto e mesmo encontro.
    Simples assim

    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Faz parte da indecisão!
    Isso
    ótimo!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  6. Muito interessante o blog !
    Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada, seguir...;

    www.bolgdoano.blogspot.com

    Muito Obrigada, desde já !

    ResponderExcluir
  7. Juliooooo

    Saudades de aqui vim e admirar estas letras!
    Preciso vim mais constantemente!!!

    Milhoes de beijos

    ResponderExcluir
  8. Aproveitando quero também te convidar pra participar do sorteio do Blog
    Reticencias...

    o blog Reticências irá sortear com um de seus seguidores: um template
    personalizado ao seu gosto, de acordo com suas vontades e desejos. A
    personalização inclui tudo o que o ganhador desejar: recursos, gadgets,
    otimização, cadastramento em sites de pesquisa, botões, e tudo o mais
    que sua imaginação quiser! Feito pela Elaine Gaspareto do blog Um Pouco
    de Mim.

    http://www.reticenciando.com/2011/06/sorteio-um-template-personalizado-para.html

    Espero que participe. Desde já boa sorte viu?

    Milhoes de beijos

    ResponderExcluir