Escada de dois gumes



...
É tempero
[temperança]
Pra moral ferida
Que não cicatriza
E que a mente alcança
Pensamento furtivo
Que tolhe o arbítrio
Herança maldita
Que tolhe bonança
Consciência é força viva
Paciência precisa
Esperança
...

7 comentários:

  1. Só você Julio pra fazer pensar
    só você




    Abstrata

    ResponderExcluir
  2. É. Esta é mesmo a escada da vida, que é feita de tudo.

    Tolos os que pensam que o melhor é só sorrir. A felicidade plena é precedida por angústia infinita.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Belas palavras. Maneira de pensar interessante.
    Bom, já que estou aqui, deixe-me fazer um convite para ler o novo capítulo de um romance saindo quentinho do forno, inédito. É o meu blog-book “Illegitimate”. Visite o POET (Pages Of Erased Text) http://pagesoferasedtext.blogspot.com/ e saiba tudo sobre. Ate agora estou tendo ótimos comentários (ate agora...rs). Te vejo por lá. Cuide-se.

    ResponderExcluir
  4. Forte isso, em Júlio! Ficou muito bom...muita coisa e pouco texto..e muito bem colocadas!

    []s

    ResponderExcluir
  5. Olá, estive conhecendo o seu blog e aproveito para deixar o meu também: http://blogcognicao.blogspot.com

    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Escada. Será a esperança?

    Ânimo!

    beeejo de saudade

    ResponderExcluir
  7. Escada é feita de subidas e descidas...

    Milhoes de beijos

    ResponderExcluir