Uma versão




...
Quase abandono
[essa pausa súbita]
Sem porquês
É bem verdade
Nada que pereça
Nem descanse
O ombro cansado
[que não balança]
Coração aberto
Alegria
Esperança
...

3 comentários:

  1. E alguns abandonos teremos mesmo, sem por quês.
    Mas fazem parte dos recomeços e esperanças não é querido?
    Abraços!

    ResponderExcluir