Depois das dez

...
Quando aqui fico
[sentido a presença constante da tua falta]
Ainda que sentimentos desconexos floresçam
E não consiga dominá-los
Meu único desejo é envolver-me em teus braços
...
Pode ser coisas de Platão
[o que transcende]
Ou apenas um lamento
O reflexo prático da solidão

Nenhum comentário:

Postar um comentário